Tagon8 Blog

modelo topo de post

Criando uma API usando Sails.js

Sails.js e um framework desenvolvido em nodejs imitando a estrutura MVC, segundo sua documentação, ele é recomendado para a construção de chats, dashboard em realtime, jogos multiplayers entre outros, mas ele pode ser usado para qualquer aplicação web.

Ao usar Sails.js você vai trabalhar usando apenas javascript, dispensando a necessidade de usar outra linguagem para a criação da API de sua aplicação web. Outra facilidade do Sails se dá devido ao seu ORM, o Waterline, ele fornece uma camada de acesso a dados permitindo que sua API funcione independente do banco de dados está sendo usado.

 

1. Configurando o ambiente do Sails.js

Para utilizar o Sails, é necessário ter o node.js instalado em seu computador. Para obter o node, basta Clicar Aqui.

É necessário também instalar um banco de dados para alimentar a API, pode ser de sua preferência, neste exemplo usaremos o mongoDB.

Com o node e um banco de dados instalado em seu computador, chegou a hora de instalarmos no nosso framework, o sails, que pode ser instalado através de um comando em seu terminal.

npm -g install sails

 

2. Criando a estrutura do projeto

Com o Sails instalado, vamos criar um projeto. Abra seu terminal e navegue até o diretório desejado e insira o comando:

sails new project-example

 

Com este código o Sails vai criar uma pasta “project-example” no diretório atual, dentro desta pasta vai estar a estrutura do seu projeto Sails, para levantar seu projeto execute o seguinte comando em seu terminal:

sails lift

 

Sua API vai ser levantada na porta 1337 por padrão, para acessar sua API, abra seu browser e navegue para http://localhost:1337/.

 

3. Conectando sua API com o mongoDB.

Entre na pasta do seu projeto Sails.js e abra o arquivo “connections.js” dentro da pasta config. Dentro deste arquivos vamos adicionar nosso código de conexão com o banco de dados:

sailsMongo: {

   adapter: ‘sails-mongo’,

   host: ‘localhost’,

   port: 27017,

   // user: ‘username’,

   // password: ‘password’,

   database: ‘nome-do-banco’

 },

 

Caso seu banco de dados não necessite de credenciais, o user e o password pode ficar comentado, lembrando de colocar o nome de seu banco de dados, caso esse banco não exista o Sails vai criá-lo automaticamente.

Após fazer as alterações e salvar, ainda na pasta config, abra o arquivo “models.js”, nele vamos adicionar nossa conexão criada anteriormente. Adicione seguinte código:

 

connection: 'sailsMongo'

 

Após salvar essas alterações reinicie a sua API para aplicar as configurações.

 

4. Criando um modelo

Antes de gravar e buscar dados em nossa API, é necessário criar um modelo, como exemplo criaremos um modelo de usuário, para isso com o seu terminal aberto, navegue até o diretório do seu projeto e insira o comando:

sails generate api user

 

Este comando vai gerar um modelo de usuário e automaticamente todas as chamadas GET, POST, PUT e DELETE para este modelo.

Para testar sua API pode se utilizar o (postman https://www.getpostman.com/), você poderá obter mais informações sobre o Sails.js em sua (documentação http://sailsjs.org/) .